BLOG DA BIA

  • O quanto a instabilidade das redes sociais te atrapalhou?

    By on 4 de julho de 2019

    O que você fez ontem com a instabilidade do Instagram, Facebook e WhatsApp? Essa é a pergunta que circula pelo feed de hoje e não podemos evitar de falar sobre o assunto. Por aqui, enquanto o mundo parecia parar com esta instabilidade, nós trabalhamos e muito. Por mais que usemos as redes sociais aqui na agência, em clientes e também de forma pessoal, temos ciência que ela é uma parte do todo – em todas estas áreas!
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A presença digital da sua marca vai muito além do que as redes sociais possibilitam e pensar no todo, usando estes canais como parte da estratégia é a nossa brisa! ⠀⠀

    Porém, com frequência, temos que convencer nossos clientes sobre a importância em não depender somente das redes sociais para ser o canal de verdade de marca e contato com seu público. E, ontem, foi também um dia que aproveitamos para levar luz sobre este assunto. ✨
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Se o dia de ontem impactou suas vendas, seu diálogo com clientes ou sua vida, queremos te dizer que existe um caminho mais amplo e que traz outras possibilidades e estamos mais que à disposição pra falarmos sobre isso. E aí, vem de e-mail ou de Zap?

    Leia mais
    ÀMdC
  • Os Obamas vão lançar seu próprio podcast

    By on 24 de junho de 2019

    Como já falamos aqui, o podcast é a mídia da vez! E agora, um dos casais mais importantes do mundo, também usará a ferramenta de comunicação. No começo desse mês, os Obamas anunciaram que vão publicar conteúdos exclusivos no @spotify!✨ ⠀⠀⠀

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Eles vão produzir e participar de podcasts selecionados, falando sobre diversos tópicos. Em comunicado oficial, @barackobama afirmou que eles sempre acreditaram no valor de conversas que entretenham e provoquem pensamentos e que os podcasts oferecem uma ótima oportunidade de fomentar o diálogo e fazer as pessoas sorrirem e pensarem.

    Vale lembrar que o número de ouvintes de podcasts tem crescido vertiginosamente a cada ano, enquanto em 2013 eram 3,3 milhões de pessoas, em 2018 o número atingido foi de 48 milhões. 

    Leia mais
    ÀMdC
  • França proíbe a destruição de estoque parado

    By on 10 de junho de 2019

    O governo francês anunciou na última semana que vai proibir a destruição de produtos que não tenham sido vendidos, prática essa que marcas importantes como a Burberry já haviam sido criticadas por fazer. Na ocasião, a marca inglesa revelou incinerar o equivalente a 28 milhões de libras em produtos. O primeiro-ministro disse que essa proibição entrará em vigor nos próximos quatro anos e se aplicará a roupas, eletrodomésticos, produtos de higiene e cosméticos.

    Segundo o governo, mais de 650 milhões de euros em novos produtos são jogados fora ou destruídos na França – cinco vezes mais do que o número de doações feitas. A medida iria obrigar as marcas a reciclar ou reutilizar o que seria descartado.

    Em um momento que falamos tanto sobre sustentabilidade, práticas como essa que existem só para uma manutenção de consumo e para produzir sempre mais e mais, tornam a proibição uma medida urgente! Esperamos ver mais países aderindo a ela.
    Imagem: Fashion Revolution

    Leia mais
    ÀMdC
  • Movimento Ecoera lança plataforma para discutir sobre a crise hídrica na moda

    By on 5 de junho de 2019

    A semana do Meio Ambiente está chegando ao final e é importante falar como a cadeia da moda é uma das indústrias que mais explora recursos e polui nosso planeta. Por isso, o movimento @portalecoera lançou a plataforma Moda Pela Água, uma iniciativa que visa reunir empresas, consumidores, ongs e o governo, para conversar, compartilhar propostas e encontrar soluções para a crise hídrica que vivemos hoje.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A plataforma que já conta com 9 empresas cadastradas, entre elas a @adorofarm@soudealgodao@vicunhatextil e @voudemarisa, desenvolveu por meio de pesquisas e de um longo trabalho ao lado de empresas especializadas, uma forma de medir o consumo médio de água na produção de uma calça jeans no Brasil. Até então os valores eram baseados no modelo Levi’s que não levava em consideração a nossa bacia hídrica.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A Vicunha foi a primeira a abrir sua cadeia para calcular sua pegada. O resultado? Para fazer uma calça jeans são gastos 5.196 litros de água, levando em consideração desde o plantio dos insumos até a chegada nas lojas. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Para a @soudealgodao, a sustentabilidade já faz diferença dentro de cada fazenda de Algodão, eles vem ressignificando a pluma do Brasil – conhecida mundialmente como sustentável – e divulgando o selo, para esclarecer e enfatizar as vantagens do uso da matéria-prima.

    No perfil da plataforma @amodapelaagua é possível saber mais informações sobre o projeto e sobre como se tornar um Guardião.

    Leia mais
    ÀMdC
  • Youtube muda a forma de mostrar o número de inscritos do canal

    By on 3 de junho de 2019

    @youtube é a mais nova rede social a modificar a maneira que apresenta os números de seus usuários. A mudança, que ainda está em teste, exibirá a quantidade de inscritos do canal de forma aproximada e não mais exata. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A plataforma de vídeos afirma que a novidade foi criada para trazer maior consistência na visualização do número de inscritos, já que alguns dispositivos já exibem o número de forma arredondada. Dessa forma, apenas os donos do canal terão acesso aos números reais. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Os mais afetados por essa mudança serão os sites que analisam esses dados, como o Social Blade que divulgam até a rentabilidade do canal baseado no número de inscritos. No próprio youtube já existem canais criados para transmitir ao vivo as análises da ferramenta e em momentos de “polêmicas” mostram a velocidade que os youtubers ganham e perdem seguidores. ⠀

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Diferente do instagram, que divulgou que irá ocultar totalmente o número dos likes, a mudança do youtube não deve afetar de forma tão direta a relação de marcas com os influencers, já que a aproximação dos números não será tão distante, exemplificando, caso você tenha 123,789 inscritos, aparecerá como 123k.

    Leia mais
    ÀMdC
  • Líderes da França e da Nova Zelândia se unem com redes sociais para frear a disseminação do discurso de ódio

    By on 31 de maio de 2019

    O discurso de ódio tem sido uma grande questão nas redes sociais, por causa disso os líderes da França e da Nova Zelândia se uniram ao @facebook@twitter e a Alphabet – que controla o @google e o @youtube – para tentar frear a disseminação desse conteúdo na internet. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Em uma reunião, que aconteceu na última quarta-feira, os representantes das redes sociais assumiram o compromisso de usar os algoritmos e suas ferramentas para impedir os uploads e compartilhamentos desse tipo de conteúdo.

    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    A iniciativa surgiu depois do tiroteio que aconteceu em 15 de março em uma mesquita na Nova Zelândia. O atentado, que foi transmitido ao vivo, demorou para ser removido das redes, o que possibilitou sua propagação. Vale lembrar que o autor, um extremista de direita, já havia postado manifestos racistas na internet e seu conteúdo não havia sido censurado. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Esperamos que com esse apelo, o impacto e a propagação desse tipo de conteúdo desprezível seja cada dia menor!

    Leia mais
    ÀMdC