BLOG DA BIA

  • #quotedodia

    By on 23 de abril de 2020

    Neste período de isolamento social, tenho tirado algumas horas da semana para falar com queridos e amigos.

    Durante um papo de muitos minutos no celular com o fotógrafo e amigo Thiago Bruno  sobre projetos, presente e mercado, ele anotou uma fala minha e virou o #quotedodia, no instagram dele: @euthiagobruno

    Falei parte desse assunto aqui, quando comentei dos estudos de antropologia que tenho feito.
    Vale ver o post Outros Futuros.

    Leia mais
    ÀMdC
  • Outros Futuros

    By on 19 de abril de 2020

    Um mês em distanciamento social chegou por aqui e com ele o meu momento de estudar algo. A decisão foi por antropologia sobre #OutrosFuturos – curso do Puxadinho (no instagram: @puxadinho__ )

    E fiquei pensando muito sobre tudo isso que temos viviso e, de verdade, estar no “meio”- se os extremos são os ricos e pobres-, me traz um chamamento à conscientização do privilégio do teto, da comida, da segurança; da importância de não olhar o outro como uma oportunidade de consumir algo e de estar vivendo este momento presente refigurando em mim o essencial.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Qual é o seu lugar de partida neste momento?

    Só por meio de algo que nos afeta realmente é possível agir. É preciso enfrentar o desconforto e sentir nele pelo que você se culpa, do que você é feito, pelo que você se deixa ancorar e qual o seu lugar de contemplar o belo; parando de deixar a estrutura que nos moldou nos mover no automático. Desta forma, tentar entender o estar presente no tempo e espaço apresentado, para buscar uma mudança, uma resposta, uma solução.

    Será que nesse “novo normal” tão falado teremos mesmo as mudanças que acreditávamos há 1 mês atrás, quando tudo começou? Será que é possível virar a chave do consumir o outro para a da cidadania?

    Para qualquer realidade existir ela precisa começar em mim e buscar uma forma de acessibilizar a mudança no cotidiano, para alcançar outros e se multiplicar. As mudanças não começam a partir de coisas, mas, sim, a partir de
    p e s s o a s.

    Sem dúvida, é um desafio mexer em estruturas, mas não precisamos criar uma conexão determinista com o tempo. Qual é o nosso processo individual e e como vamos usar o nosso repertório?
    Talvez, este seja o primeiro passo para hoje, para depois do Covid 19 e para o durante a nossa vida.

    Leia mais
    ÀMdC
  • SPFW lança perfil no Medium

    By on 19 de julho de 2019

    Além de lançar o #podcastSPFW, o #SPFW agora tem um perfil no @medium. Com textos sobre temas e personagens que fazem parte da história do evento, o conteúdo é informativo e inspirador. Vale a pena ler!
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Para saber mais sobre:@spfw
    E no Medium: @spfwoficial

    Leia mais
    ÀMdC
  • Instagram oculta número de likes

    By on 17 de julho de 2019

    Reparou que agora o instagram não mostra mais o número de likes nas publicações? A mudança, que começou a ser implementada em outros países no mês de maio, chegou hoje ao perfil de alguns usuários brasileiros. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Segundo a rede social, o objetivo é diminuir o sentimento de competição e até ansiedade que esse número vem causando e que dessa forma os usuários fiquem mais focados em produzir um conteúdo genuíno que não tenha seu sucesso baseado nas curtidas.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Para marcas, acreditamos que esta mudança vai trazer uma maior obrigatoriedade de criar conteúdo atraente, que não sofra interferência do número de likes.
    ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
    Por aqui seguimos torcendo para que seja possível aprender a usar a internet de forma que reflita quem somos e o ambiente digital se torne menos tóxico! E você, gostou da mudança?

    Leia mais
    ÀMdC
  • Internet

    By on 17 de julho de 2019


    Cada vez que algo acontece e se propaga na internet mostrando o pior do ser humano chovem posts sobre como a internet é cruel, terra de ninguém.

    Acontece que a internet é terra de muitos alguéns, tipo eu, tipo você – de todo tipo. E o que se vê na “internet” é o reflexo de você – e de mim. Essa é a parte que mais me pega.

    Uma pessoa morre e a maioria não está pensando na pessoa, na sua família e em uma forma prática de ajudar. Automaticamente, surgem conteúdos procurando culpados, sem apuração real dos fatos, “especialistas em saúde” analisando o ocorrido, conteúdos de oportunidade atrás de cliques e cada vez mais a “internet” leva a culpa por quem somos.

    Já imaginou se a cada situação que vemos na internet de injustiça, agressão, algo extremo, decidirmos não compartilhar, mas buscar os envolvidos e oferecer ajuda?

    É por aí que penso e, por isso, não culpo a “internet”, busco falar claramente com as pessoas. Por isso, minha pergunta é: vc já tentou falar com os envolvidos de algumas das situações que julga?

    E se alguém tivesse, de verdade, se importado com a menina do Rio, que é a notícia de hoje? E se você tivesse se importado?
    Como ela, existem muitas outras pessoas por trás de cada notícia.

    Sigo nesta tentativa de deixar de ser o dedo que aponta, dá like e compartilha, para ser a mão que ajuda na caminhada. • 

    Texto por: @biavianna

    Leia mais
    ÀMdC
  • Americanos já passam mais tempo no celular do que vendo televisão

    By on 12 de julho de 2019

    Você sabia que, pela primeira vez, os americanos passaram mais tempo no celular do que assistindo TV? É o que diz o report de Mary Meeker sobre as tendências e dados do mundo digital. A média é de 6h por dia usando a internet!

    Obviamente, isso reflete diretamente no dinheiro investido em publicidade, enquanto há 8 anos o investimento era de 0,5%, hoje já representa 33% do investimento total.

    No Brasil isso não é diferente. Sendo o quinto pais com o maior número de usuários de internet, aqui o digital também abocanha 33% da verba de publicidade!

    Ou seja, não dá mais pra tratar o online como coadjuvante, né?

    Leia mais
    ÀMdC